Amiga Rafaelle

ola amigos… sou eu novamente, escrevi um conto sobre os pezinhos da minha amiga rafaelle…

Naquele dia nós tivemos um momento incrivel, super prazer com os pezinhos… mas depois com o passar dos dias aquela atração que nós tinhamos foi se tornando algo incontrolável sabe, com carinhos, falando sacanagem… toda hora nos imaginando juntos, se controlando para não passar daquilo… mas obviamente não foi possível.

Um dia estavamos na hora do almoço e subimos para o mesanino da loja, para passar o resto fo intervalo, usar a internet etc… ela estava com uma sainha tipo hippie pink linda, super soltinha… ja tinhamos almoçado juntos, falado milhoes de bobagens, sacanagens… imaginem só que mesmo com todo aquele ar condicionado não adiantava nada pra apagar o fogo que estava no ar. Não aguentava mais… cheguei por trás dela e a abracei com toda a paixão e fogo que estava sentindo, roçando meu pau que ja estava pulando da calça a essa hora… senti ela jogar o corpo para trás, me dando o pescocinho para beijar, o que fez ela dar gemidinhos assim de arrepio… nessa hora nada mais poderia nos segurar… ela virou de frente e nos beijamos da forma mais deliciosa e quente que se pode beijar alguem…

Sem pensar se poderia aparecer alguém abri sua blusa e comecei a chupar aqueles seios deliciosos, que estavam tão duros quanto meu pau naquela hora… cada vez que eu chupava, encostava minha lingua ela se contorcia… dava pequenas mordidinhas, chupava ora delicadamente, ora com vontade… tenho muito tesão por seios, e demonstrei isso pra ela com todas as letras…

Comecei a beijar seu pescocinho lindo novamente ao mesmo tempo que minhas mãos procuravam a xaninha, que eu tinha certeza de que estaria delicioamente molhada, pingando de tanta excitação… levantei a saia e coloquei meus dedos naquela coisa maravilhosa, que estava exatamente como eu imaginava… incrivelmente molhada… massageei o clitoris bem suavemente, passando a outra mão em sua bunda, que era lisinha, do tamanho certo… apertava aquelas nadegas tao deliciosamente, fazendo aquela massagem gostosa em seu sexo… ela queria me engolir com o beijo, ficava me mordendo, lambendo…

Peguei ela pelas pernas e a coloquei em cima de uma mesa de escritório que tinhamos… ali eu estava decido a dar a ela o maior orgasmo que ela ja tinha sentido… abri suas pernas e cai de boca naquela buceta toda molhadinha deliciosa… esfregava meu rosto naquela coisa linda… lambia como se fosse o doce mais delicioso do mundo, chupava aquele grelinho, colocava minha lingua na xaninha como se fosse um pau… ela se contorcia como se estivesse morrendo de prazer… quando ela estava quase gozando eu parava… soprava aquela coisa maravilhosa… dava uns segundos… e caia de boca novamente… ai ela gritava a safada.. me come seu gostoso… para de me torturar me como logo… eu quero que vc me coma essa bucetinha vai…

Como eu adoro provocar a mulher não coloquei a vara direto rs… meu pau estava molhado e duro como nunca, com toda aquela preliminar, toda aquela excitação… eu adoro afastar os lábios da xaninha… até o grelinho ficar exposto, sozinho… e fico esfregando de levinho a cabeça do meu pau nele… bem rapidinho assim… quase nao encostando… nessa hora quase ela caiu da mesa de prazer.. deu outro grito… ela estava muito suada, nossa nunca tinha visto uma safadinha assim gostando tanto de uma foda como ela… quando eu finalmente coloquei o pau ela curvou as costas ate, sentindo meu cacete duro entrando, roçando nas paredes…

Eu fodi ela e foi a coisa mais deliciosa do mundo aquele vaivém… muito gostoso…. ela ficava gemendo, falando palavrões.. .me chamando disso, daquilo… eu que adoro pouco falar besteira neh também falava… adoro falar, tá gostoso esse pau duro tá… tá duro pra vc, vc quer esse pau quer… quer chupar ele quer… quer gozar na cabecinha do pau… ela fechava os olhos como se imaginando a cena… ela certamente virou fã dos carinhos nos pés pois ficou colocando o pezinho na minha boca pra mim chupar… ficava passando ele no meu rosto, como no primeiro dia… comigo fudendo aquela buceta quente, queimando… ficava passando o pezinho no meu rosto e mandando eu chupar os dedinhos, a solinha… nessa hora eu podolatra ja estava quase gozando… ela já estava gritando de prazer, quando eu mandei ela ir pra cima de mim… comigo ficando embaixo… tem mulheres que sentem um prazer incontrolável quando estao comandando, por cima… e ela era uma dessas… nossos e corpos peitos ficaram colados, quando ela mesmo colocou com a mão meu pau na bucetinha e começou a esfregar ela toda no meu corpo, com minha vara lá dentro… o pau fica dentro da xaninha e o grelinho fica meio que roçando nele e no meu corpo ao mesmo tempo… ela ficava gemendo alto, eu falando palavrões, mandando ela comer esse pau gostoso… em instantes ela gozou com um grito delicioso… seu corpo instantaneamente caiu sobre o meu… tremendo… o cabelo em cima do meu rosto, ela com a respiração parada… como se estivesse se deliciando de um momento de êxtase… depois de alguns instantes ela falou vc não vai gozar nao… eu falei eu vou gozar sim… deliciosamente, pra ver ver bem… virei ela novamente, coloquei as pernas pra cima e comecei novamente a meter meu pau naquela xaninha… de cara ela deu um grito, devia estar super sensivel.. mas depois começou a gostar… mas com aquele gozo q ela teve nao iria gozar novamente com certeza rs…

Ela nao tinha força nem pra levantar a perna… eu segurei aquelas pernas e fiquei naquele vaivém delicioso… olhando praqueles pezinhos lindos, beijando eles… até que eu sai de cima dela e perguntei onde vc quer que eu goze… ela disse onde vc quiser… eu adoro gozar nos seios… a mulher vê tudo, adora ver o pau jorrando aquela goza… nao deu outra… ela me fez uma espanhola rápida deliciosa… eu apontei pros seios e foi uma chuva de porra… como ela mesmo disse… espirrou nos seios… no queixo, no pescoço… foi um orgasmo delicioso… eu ficava tremendo….

Nossa depois a gente ficou pensando que doido neh … no escritorio, na mesa… mas que delicia… sorte que tinha uns panos pra gente se limpar… ar condicionado… rapidamente estavamos compostos… mas ficamos o restinho de tempo que sobrou juntos… se beijando, apaixonadamente… sabiamos que o que tinhamos feito era doido, maravilhoso…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: