Escravo da telefonista

Este fato ocorreu em 2001, eu trabalhava em
uma empresa em cabo de santo agostinho/PE e
a empresa iria contratar uma telefonista para me
auxiliar, eu fiquei com a responsabilidade de
escolher a profissional, então foram vários
currículos que a principio era analisado pelo lado
profissional e depois é lógico pela beleza física e
principalmente dos pés, pois a garota iria
trabalhar diretamente comigo. A escolha foi difícil,
mas tinha uma garota que me impressionou
muito tanto profissionalmente como pelo belo pé
que tinha e também pelo olhar um rosto de
garota sacana que adora dominar apesar de ser
casada, então ela foi à escolhida, logo no
primeiro mês de trabalho enquanto eu explicava
suas tarefas de vez enquanto eu elogiava suas
unhas que eram perfeitas e sempre bem
pintadas. Um dia de sábado tivemos que ficar no
trabalho até mais tarde e quando nós largamos
dei uma carona para ela que iria para Recife-PE,
no caminho elogiei seus pezinhos dizendo que
era muitos bonitos, ela agradeceu e tirou um dos
pés do seu tamanco para que eu pudesse ver
melhor, novamente elogiei e disse que deveria
ser uma delicia, ela sorriu e perguntou se eu
saísse com uma mulher só olharia para os pés
dela, respondi que não, mas era um ótimo
começo.Não perdi a oportunidade e a chamei
para irmos ao barzinho tomar uma cerveja com
caldinho, ela negou lembrando que era casada,
deixei-a em um shopping e roubei um beijo em
sua boca, ela saiu do carro apressada e sem
entender nada. Na segunda – feira no trabalho
comentei sobre o ocorrido e perguntei se ela
ficou chateada, respondeu que não ,mas afirmou
que foi uma surpresa. No outro sábado ficamos
novamente mais tarde e ela iria novamente para
Recife ofereci a carona ela não recusou, no
caminho parei para abastecer o carro ela desceu
e comprou um picolé, voltamos a pista e ela
ofereceu um pedaço, ao invés de morder o picolé
eu lambi e começou a pingar entre seus dedos
não perdi a oportunidade e lambi também sua
mão e seus dedos ela sorriu e  chamou de
maluco eu falei seus dedos das mãos são uma
delicia adoraria experimentar os dos pés, ela
apenas sorriu e novamente tirou seu pé do
tamanco e falou você gostou mesmo do meu pé
heim ?  Chamei-a novamente para irmos ao
barzinho e desta vez ela aceitou, tomamos
apenas uma cerveja e dei um beijo em sua boca,
ela lembrou novamente que era casada e não
podia ficar em um lugar público assim, então
sairmos do barzinho e no caminho parei em
frente ao motel ela apenas me olhou, então
segui em frente, ao entrarmos no motel nos
beijamos muito e fomos para banheira, ficamos
um de frente para o outro eu comecei a
massagear seus pés com as mãos e logo levei
para a boca beijando e lambendo cada dedinho
seu, ela inclinou a cabeça e começou a relaxar,
passei cerca de 40 minutos lambendo seus pés
e elogiando muito dizendo que era uma delicia e
adoraria fazer isto no escritório , ela sorriu e
disse que um dia eu faria, depois fomos para
cama onde ela ficou em pé na cama e esfregou
seu pé no meu rosto dizendo você gosta disso?
Eu quase sem palavras falei serei seu escravo
ela deitou-se e nós  transamos. Na Segunda-
Feira cheguei logo comentando que adorei ter
saído com ela e queria fazer ais vezes , chamei
para toarmos café, pois todos já teriam ido, ela
respondeu que teria que tirar xerox na sala ao
lado e pediu para lhe esperar me lembrando
você não queria beijar meus pés no escritório,
então a hora a essa. Fomos para sala de xerox e
ela mandou e beijar seus pés,logo obedeci ela
falou assim não quero que deite-se no chão,
com certo medo obedeci ela tirou o tamanco e
colocou seu   pé no meu rosto, começou a tirar
xerox e me mostrou a quantidade de xerox que
teria que tirar dizendo você só vai sair daí quando
eu terminar , de vez em quando dizia lambe mais
quero meu pé bem limpinho , eu falei como você
é malvada, ela respondeu você não me conhece,
então em lambia, beijava e cheirava seu
delicioso pé passei cerca de 15 minutos e falei
não chegou ninguém ainda, ela respondeu vou
verificar colocou seu pezinho em minha barriga e
subiu em mim falando quando chegar eu falo,
será que você agüenta eu ficar aqui, respondi
adorando claro que sim, ela falou e aqui, então
com os dois pés subiu em cima do meu rosto
dizendo você é um belo tapete adoro limpar
meus pés em você meu escravo. Fiquei assim
durante uns 05 minutos até que o  xerox acabou,
ela desceu e falou sempre que eu quiser serás
meu. Este relacionamento durou delicioso 02
anos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: