Pezinhos da secretaria

Olá, acho que é uma das melhores coisas que aconteceram comigo, leiam, fizemos umas mudanças na minha empresa muitos cortes redução de custos brutal, então passei a dividir minha sala com minha secretaria, na ultima hora ela teve que mudar de cidade então tive que contratar outra em caráter de urgência, nem fiz entrevista a primeira que apareceu e tinha noção do serviço eu contratei por coincidência e ainda bem ela é bonita, tem os cabelos avermelhados um pouco abaixo dos ombros, rostinho de menina, pele bem branquinha, uma voz linda um sorriso encantador e belas pernas, só que me reservava algo melhor ainda seus pés são lindos, ela só trabalhou uma vez de sapato fechado pra minha sorte, como nossas para melhorar o espaço ficou ao meu lado, eu as vezes me perco olhando para seus pés, só que de uns tempos pra cá ela passou a perceber meus olhares e passou a vir de chinelinhos de couro, sandálias transparentes ficava com os pés soltos no ar balançava eles bastante, eu estava achando que ela por estar mais a vontade passou a ficar mais descontraída, mas pra minha sorte não era ela estava era se exibindo e passou a mexer comigo com aquele jeitinho sapeca, brincava com os pés no ar e eu só olhando as vezes eu a via sorrindo de cabeça baixa, mas não conseguia esconder meu desejo, pois seus pés são verdadeiros achados, unhas bem feitas, tornozelo macio, dedos maravilhosos, mas vamos aos fatos. Um dia deste eu dispensei os funcionários no período da tarde pois estava um dia muito calmo véspera de feriado, solicitei que ela ficasse um pouco mais pois precisávamos terminar uns relatórios, coisa simples logo depois das 14:30 acabamos e eu a dispensei também, disse que ficaria um pouco mais pois iria aproveitar para por a agenda em ordem, ela estava linda com uma saia que deixava suas curvas bem realçadas e suas pernas estavam suculentas neste dia, ela arrumou suas coisas se despediu e saiu, logo eu escutei um barulho e um leve gemido, eu sai e a vi caída com a mão nos tornozelos, ela disse que torceu o pezinho, eu a peguei no colo levei pro sofá de espera a deitei e comecei a apalpar sua perna, até então eu estava preocupado com ela, até que ela me perguntou: _ Porque você olha tanto para meus pés ?_ Eu todo sem graça disse a ela que os achava muito bonitos e que admiro muito esta parte do corpo feminino, minhas mãos já estavam massageando eles. Ela então pediu que eu sentasse no sofá colocou seus pés sobre minhas pernas com as perninhas entreabertas, dava pra ver sua calcinha, e começou a pressionar meu pênis, lógico que ele já tava duro, ela então sorriu e disse: _ nossa!!! Você gosta mesmo, hein. Começou então algo que eu nunca esperava, ela apertava com os pés meu pau sem parar e com os olhinhos fechados eu comecei a ficar doido de tanto tesão, então levantei os pés dela pra poder tirar meu pau pra fora, ela forçou a perna pra baixo e disse, quem manda aqui sou eu, fica quieto, com autoridade até me assustei pois nunca havia acontecido comigo isto, ela então se levantou ficou na minha frente, levantou a perna e começou a esfregar ele em mim, no meu pau, no meu peito se apoiou na parede e começou passar ele na minha cara eu escorreguei pelo sofá pra facilitar ela passava aquele lindo pé pelo meu rosto eu comecei a beijá-lo a passar minha língua por entre seus dedos, eu estava possuído de tesão, ela mandou que eu me deitasse no chão, e ficou em pé com a buceta bem na minha cara, eu delirava, comecei a subir minhas mãos por suas pernas ela gemeu depois mandou que eu parasse, eu continuei ela então colocou o pé sobre meu rosto, enfiou o pé dentro da minha boca, eu delirei, ela abaixou sua saia e a tirou ficou só de calcinha que visão eu estava tendo ela sentou no meu rosto a calcinha estava molhadinha eu comecei a morder sua bucetinha ela gemia baixinho eu afastei sua calcinha e comecei a chupá-la, enfiava minha língua dentro de sua rachinha, ela começou a gemer mais alto e rebolar mais rápido eu apertava minha língua no seu clitóris ela endoidou sentou no chão então eu me virei e enfiei minha cabeça no meio das suas pernas e comecei a chupá-la como louco ela gemia e pedia: chupa mais isto enfia esta língua dentro de mim suas pernas envolveram meu corpo e chupava mais, minhas mãos acariciavam seus seios sobre a camiseta eu descia minha mão até sua bunda, é lisinha eu a levantei e comecei a acariciar seu cuzinho, mas não parava de chupá-la até que ela soltou um grito e tremeu toda tentou sair mas eu a prendi e ela gozou longamente, quase eu gozei só em vê-la, foi lindo. Eu ainda estava todo vestido ela pediu que eu me sentasse e tirasse minha roupa, fiquei nu ela então me deitou no chão e começou a massagear meu pênis com seus pezinhos eu estava quase gozando pois era muito gostoso, seus pés são macios estavam frios e em contato com meu pau em brasa estava me matando de tesão, eu disse a ela que não ia resistir por muito tempo, ela me respondeu problema é seu quer ficar sem o principal, então se virou e começou a beijar minhas pernas, minha virilha ela passava a língua e olhava pra mim com a cara mais safada do mundo ela então passou a língua no meu saco e pra minha surpresa ela foi descendo a língua levantou minha cintura e passou a língua no meu cu, eu tremi todo ela riu e enfiou a língua dentro do meu cuzinho e quase tive um troço de tão gostoso,ela então se levantou e começou a enfiar seu dedinho do pé no meu cu, foi divino, eu quase desmaiei de tanto tesão ela quase que me chutava desse jeito então tirou o pé me pediu uma camisinha colocou no meu pau e sentou, juro que não sei como consegui não gozar naquela hora, ela então começou a rebolar rápido, subia e descia com rapidez e violência era muito bom e dizia embolado umas palavras que eu não entendia, cravou as unhas no meu peito e rebolava muito, e dizia mete meu macho, mete na sua mulher mete eu subia e descia o quadril mas não acompanhava a velocidade que ela tava eu então grudei no cabelo dela e gozei mas ela não parava eu gozando e continuava pois estava muito gostoso, ela rebolava e começou a me apertar mais meu peito tava ardendo mas ela não parava então explodiu num gozo fenomenal, soltou um grito e caiu sobre meu peito, começou a me beijar só os beijos dela me mantinham com o pau ereto, nós então rolamos eu fiquei sobre ela e comecei a meter sem parar, agora era eu quem comandava ela pedia, mete mais mete meu macho, mete gostoso, e enfiava os dedos na minha boca enquanto eu metia então eu gozei mais uma vez, ela então gozou novamente comigo. Ficamos um tempo assim ela deitou sobre meu peito, fomos ver as horas já eram 18:30, passamos 4 maravilhosas horas juntos, saímos juntos, paramos em uma lanchonete para lancharmos e depois ainda ela me fez gozar no carro num boquete maravilhoso. teve mais depois disto mas acho que ficaria muito grande se continuasse.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: